DEDICAÇÃO E BUSCA POR CONHECIMENTO É A PORTA PARA O SUCESSO E OPORTUNIDADES

Publicado em: 04/07/2018 | Compartilhar
Herold estuda Inglês desde os 5 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Herold estuda Inglês desde os 5 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

De 13 a 17 de agosto, o encantadense Antônio Herold estará representando o Brasil, juntamente com a jovem Giovanna Amato de São Paulo, no Fórum de Liderança Jovem da EF, em Nova York.

A oportunidade surgiu através do amigo Marcelo Zen Pretto. “Ele soube do concurso através da irmã, aí me chamou para ajudá-lo na produção do vídeo, e acabei me interessando e participando também”, conta.

Herold explica que todo o material foi pensado, desde a construção do conteúdo falado até o cenário. O vídeo foi gravado no atelier do pai, Álex Herold, que é advogado e pintor nas horas vagas. O jaleco, a lupa, livros, o globo, tudo foi montado pensando num cenário intelectual e harmônico. No entanto, além da paixão por edição de vídeos, o curso de audiovisual, realizado em 2016, na Lume Centro de Educação Profissional (LUMECEP) veio muito agregar. “Sempre tive interesse nesta área, logo quando o canal YouTube começou a se propagar, mas estar em sala de aula aprendendo a operar a câmera, os ângulos e técnicas de edição, com o professor Álvaro Andrade, sem dúvida me ajudou muito a desenvolver este trabalho. Inclusive se houver novamente o curso eu recomendo”, enaltece.

O jovem relata que mesmo sabendo que o argumento sobre o tema tem um peso maior na avaliação, diz que não poderia deixar de realizar um bom trabalho audiovisual. “Sempre gostei de contar histórias, gravar cenas e editar, confesso que esta é a melhor parte do processo, mesmo sendo o mais trabalhoso, porque o resultado compensa. Além disso, acredito que a primeira impressão é a que fica. Juntos eu e o Marcelo produzimos um trabalho gratificante, fazendo valer todo o esforço”, diz.

O tema do concurso deste ano é “O que o desenvolvimento sustentável significa para você?”. Herold defende que o assunto engloba várias áreas, entre elas economia, política, meio ambiente. “É acabar com os problemas do mundo”.

Na gravação ele questiona se as pessoas realmente se importam com o tema, se elas deveriam se importar ou se tem alguém se importando. “Eu cito dois exemplos, falando da Organizações das Nações Unidas (ONU) que criou a proposta dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável para os países, como a fome zero e a igualdade de gênero, até o 2023. Relato que no Rio de Janeiro existe um projeto de compostagem monitorada, ao qual considero muito interessante”, conta.

Além disso, ele acredita que as coisas podem ser reutilizadas, que a sociedade pode evitar o desperdício e que é fundamental para o meio ambiente. Por fim, conclui respondendo de fato o que o tema significa para ele. “O desenvolvimento são ações da sociedade. E como a gente faz? Através de pequenas atitudes, a conscientização tem que partir de nós, para que nos acostumemos e com o tempo cada um faça sua própria parte dentro de casa. Ajudar o planeta Terra começa em casa, desligando uma luz, andando mais de bicicleta, evitando o desperdício de água. O desenvolvimento sustentável depende da mobilização da sociedade, do bem comum”, argumenta. Para saber mais sobre o vídeo acesse https://youtu.be/5xRqm5pyBpc.

Para o adolescente de 16 anos, foi uma surpresa estar entre os 30 vídeos selecionados dentre os 1800 inscritos. “Representar o Brasil neste fórum é uma proporção diferente, pois não faz parte do meu cotidiano. Estou empolgado e feliz. Faz a gente pensar e refletir sobre nossa importância, em deixar o nosso nome no mundo”, ressalta.

Produção do vídeo foi realiza por Herold com auxílio do amigo (Foto: Divulgação)

Produção do vídeo foi realiza por Herold com auxílio do amigo (Foto: Divulgação)

De acordo com Herold, não há maiores informações até o momento sobre o evento. Ele acredita que haverá a socialização por parte dos selecionados, palestras, propostas de soluções e discussões sobre a sociedade global. “Mas, tenho certeza, que será muito interessante. É incrível ter a oportunidade de conhecer outras culturas, diferentes personalidades e pontos de vistas. Nunca imaginei ter contato, por exemplo, com alguém que mora no Vietnã”, revela.

Aluno do 2º ano, no Colégio Cenecista Mário Quintana, Herold estuda o idioma desde os 5 anos e explica que a dedicação e busca por conhecimento trazem como consequências oportunidades como esta. “Para atingir um nível bom do Inglês é preciso comprometimento e esforço. De maneira geral, querer buscar o mais faz toda a diferença. Eu sempre tive interesse, quando eu era pequeno os jogos não eram legendados, então ali também era uma forma de aprender. Hoje em dia a internet é uma ferramenta valiosa, através dela é possível aperfeiçoar o que se aprende em sala de aula. Inglês é O conhecimento que abre portas em diversas áreas, como negócio e viagens, é muito importante”, destaca.

Para 2019 não resta dúvida, Herold já planeja participar novamente. “Porém, desta vez, vamos focar no vídeo do Marcelo, para que ele tenha a chance que tive. Ele também merece passar por esta experiência tanto quanto eu”, almeja.

Orgulho para família

Os pais estão orgulhosos pela conquista do adolescente. “Investir nos seus filhos é algo que vale a pena, pois o retorno vem. Eles estão, sem dúvida, tão empolgados e felizes quanto eu, querem até viajar junto, mas desta vez eu vou sozinho (risos)”, conta.

O concurso

O concurso EF Challenge, iniciativa da escola de Inglês EF Education First, ocorre anualmente, é direcionado para jovens entre 15 e 18 e consiste na gravação de um vídeo respondendo a um pergunta de algum tema. O audiovisual deve conter de 2 a 5 minutos. Tudo é realizado de forma online, desde inscrição até a publicação do material e retorno da seleção.

Últimas notícias

Grupo NT 2018 - Todos os direitos reservados | CNPJ: 93.606.320/0013-0